Denúncia de violência doméstica leva polícia a descobrir fábrica artesanal de armas em Caucaia

 

Segundo a polícia, o suspeito preso fornecia armas para para treinamento de membros de facção criminosa

Uma fábrica artesanal de armas foi desativada no Bairro Jardim Icaraí, em Caucaia, durante a noite desta quinta-feira (19). Policiais militares foram até o local após receber uma denúncia de violência doméstica. O suspeito de ser o responsável pelo local e pelas agressões foi preso.

Segundo a polícia, o suspeito era “armeiro” de uma facção criminosa e fornecia as armas para para treinamento de criminosos.

Após receberem a denúncia, os agentes chegaram até a residência e encontraram José Feitosa Veras, de 49 anos de idade, agredindo e ameaçando a companheira com uma arma. Os policiais deram voz de prisão ao suspeito, que se rendeu sem reagir.

De acordo com o Capitão Bandeira, da Polícia Militar, foram encontrados três revólveres, uma metralhadora, uma arma artesanal, uma pistola, mais de 200 balas e ferramentas para a fabricação das armas.

O material e o homem foram levados para a Delegacia Metropolitana de Caucaia. A companheira, que não foi identificada, foi ouvida e em seguida liberada.

 

 

Fonte: Diário do Nordeste 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *