Famosas apoiam vítimas que foram abusadas sexualmente por João de Deus

Camila Pitanga, Nanda Costa e Leandra Leal são alguns dos nomes que surgiram em apoio às mulheres abusadas.

Após quatro mulheres revelarem sofrer abuso sexual pelo médium João de Deus, algumas famosas começaram a usar suas redes sociais para falar sobre o assunto e dar suporte às vítimas.

Bruna Linzmeyer publicou no seu Instagram uma foto do suposto curador espiritual e falou abertamente sobre o fato de ainda culparem as vítimas pelos abusos. “Até hoje, 330 mulheres se uniram para denunciar o mesmo homem. Por assédio, estupro, pedofilia, incesto praticados há décadas. Décadas em que cada uma delas silenciou, foi desacreditada ou ameaçada de morte. Estas 330 mulheres não são loucas, mentirosas, invejosas. Elas são vítimas”, escreveu a atriz.

Outro nome também conhecido e que usou sua influência digital para trazer visibilidade para o caso foi Fernanda Lima. A apresentadora usou a foto com a frase “Ninguém solta a mão de ninguém”, que surgiu após a eleição de Jair Bolsonaro e representa resistência.

Ela também aproveitou a legenda do clique para afirmar os princípios de sororidade – o ato de uma mulher apoiar suas semelhantes – e retomou o que disse no palco do programa “Amor & Sexo” recentemente. “Por isso, precisamos segurar a mão uma das outras e nos apoiar. Juntas, vamos denunciar, exigir justiça e assim sabotar as engrenagens do sistema de opressão machista e misógino”, afirmou.

Com a popularidade do caso, mais celebridades separaram um espaço no feed do Instagram para se posicionar claramente sobre o assunto. Veja quais foram elas:

Oprah Winfrey

Xuxa Meneghel

Camila Pitanga

Débora Nascimento

Bruna Linzmeyer

Kéfera Buchmann

Nanda Costa

Leandra Leal

Alessandra Negrini

Débora Falabella

Nathália Dill

Maria Ribeiro

Marina Moschen

Maria Casadevall

Alice Wegmann

Letícia Colin

Cláudia Abreu

SAIU NO SITE M DE MULHER
Veja a notícia original aqui 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *