Heloisa Buarque de Hollanda: “Meninas de 12 falam de feminismo o dia todo”

Heloisa Buarque de Hollanda, um dos nomes mais reverenciados do feminismo brasileiro, tomou um susto quando viu mulheres indo às ruas protestar contra um projeto de lei que dificultava o acesso ao aborto legal, em 2015. Outro susto, ao ver tantas hashtags surgindo em campanhas na internet contrárias ao assédio e à violência contra a mulher. “Não esperava ver outra geração de feministas empenhada em falar sobre esses temas. A minha falava sozinha.”

 

Com 79 anos, a professora de Teoria Crítica da Cultura da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e doutora em Letras — que diz não ter parentesco com o cantor Chico Buarque –, dedica o livro recém-lançado “Explosão Feminista” (Companhia das Letras) à neta de 12. “Ela e as amigas só falam sobre feminismo, o dia todo.” Na obra, compila textos de artistas, escritoras, poetas e pesquisadoras, entre outros feministas, sobre as divisões do movimento atualmente, representadas por negras, indígenas, lésbicas, trans, protestantes, e suas respectivas reivindicações.

Noticia no site noticias.bol.uol. com.br

Veja a notícia completa aqui: Heloisa Buarque de Hollanda: “Meninas de 12 falam de feminismo o dia todo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *