Lei Maria da Penha: 7 perfis para se aprender sobre violência doméstica

Se hoje é possível saber que 536 mulheres foram vítimas de agressão física a cada hora no último ano e que, desse número, 42% relataram ter sido agredidas dentro de casa, é porque a Lei Maria da Penha deu voz e vez a essas mulheres. Os dados são da ONG Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Em 7 de agosto de 2006 a lei era sancionada e, 13 anos depois, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) informa que 922 mulheres são atendidas por dia e recebem medidas protetivas contra companheiros ou ex-companheiros agressores.

Mas se mesmo depois da lei você não sabe como sair da violência doméstica ou ajudar alguém que esteja nessa situação, conheça alguns perfis do Instagram que vão te ajudar a entender melhor sobre o tema:

Rede Feminista de Juristas

O coletivo reúne advogadas de todo o país que atuam na promoção da igualdade de gênero no Brasil.

Justiça de Saia

O perfil é da Gabriela Manssur, advogada e promotora de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo. Gabriela dedicou os últimos quatro anos da carreira a casos de feminicídio.

Silvinha Chakian

Silvinha é promotora de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo e autora do livro “A Construção dos Direitos das Mulheres”. Nas redes sociais, ela fala mais sobre o tema.

Alice Bianchini

Advogada e professora, Alice tem sua atuação voltada para o combate à violência contra a mulher.

Fabíola Sucasas

Fabíola é promotora de Justiça e atua pelos direitos das mulheres. Ela usa as redes sociais, principalmente o Instagram, para discutir a violência de gênero.

Think Olga

O Think Olga é um coletivo que trabalha pelo empoderamento feminino por meio da informação. O perfil no Instagram do grupo soma mais de 81 mil seguidores.

Ryane Leão

Ryane é poeta e criadora da página Onde Jazz Meu Coração, que traz versos quentinhos para lembrar que você, mulher, só merece o melhor!

Fonte: Meu Estilo R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *