‘O mundo dos negócios ainda é dos homens’, lamenta embaixadora de projeto de gênero

RIO – Estilista por formação, e agora especialista em gestão cultural, Carolina Herszenhut é uma das mulheres que pretendem elaborar um “mapa do futuro feminino” para o Brasil. Ela faz parte de uma iniciativa de igualdade de gênero, chamada Projeto Iris, que busca colaborar para o país sair da amarga posição de 5ª nação mais violenta para as mulheres no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para isso, o Porjeto Iris está fazendo uma série de workshops em várias cidades brasileiras — entre capitais e cidades do interior —, com o objetivo de reunir as principais demandas por igualdade de gênero em cada região. No interior de Alagoas, por exemplo, a principal reclamação é a dificuldade que as mulheres têm de obterem o divórcio, por medo de serem assassinadas — obstáculo que uma carioca dificilmente relataria.

Os workshops começaram em março, e, até agora, foram realizados 14, cada um em uma cidade diferente.

 

FONTE: O GLOBO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *