Os momentos em que Meghan Markle defendeu as ideias feministas

Muito mais do que atriz de Hollywood, ou esposa do príncipe Harry, Meghan Markle é também uma ativista do direito das mulheres. Em muitos momentos, ela defendeu as ideias feministas. Nós selecionamos alguns deles. Confira!

Se declarou abertamente feminista

Na sua biografia no site da família real, 05/2018, ela declarou “eu tenho orgulho de ser mulher e feminista”.

Defendeu o voto feminino

Durante um discurso realizado na Nova Zelandia, sobre 125 anos de conquista ao voto feminino no país, ela disse: “o voto das mulheres é sobre feminismo, mas feminismo é sobre justiça. O voto não é simplesmente o direito de votar, mas também o que isso representa: o direito humano básico e fundamental de poder participar das escolhas para o seu futuro e da sua comunidade, o envolvimento e a voz que lhe permitem ser uma parte do mundo do qual faz parte”.

Quebrou protocolos machista no casamento

Em seu casamento, Meghan quebrou diversos protocolos. Um deles é a entrada da noiva com seu pai. Ela recusou entrar na Igreja sendo acompanhada por um homem. Contudo, em determinado momento, seu sogro apareceu e lhe oferece o braço.

Encontrou grupo feminista

Após a saída da família real, Meghan voltou sua agenda para seus ideais em prol das mulheres. Ela este esteve em Vancouver, no Canadá, e visitou uma instituição feminista que dá palestra sobre direitos da mulher, para discutir mudanças climáticas e os direitos dos povos indígenas.

 

 

Fonte: Metro Jornal 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *