Polícia investiga motivação de feminicídio seguido de suicídio em Santa Maria

Vítima deixa filho de 11 anos

Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Santa Maria investiga as causas da morte de Alciomar Chaves Marques e Denise Monfardini. A principal linha de investigação aponta que a mulher, de 33 anos, foi morta por esganamento pelo companheiro, 32, que, em seguida, cometeu suicídio. O crime ocorreu no sábado à noite, no Bairro Camobi.

Segundo a delegada Elizabeth Shimomura, familiares relataram que o casal havia terminado e reatado o relacionamento algumas vezes. Nem amigos e nem familiares do casal tinha conhecimento de agressões. Durante esta segunda-feira, a delegada irá ouvir uma vizinha do casal e familiares da vítima, que podem ajudar a compreender a motivação do crime.

– Estamos tentando entender o porquê de uma atitude tão drástica – diz a delegada.

Denise deixa um filho de 11 anos de um relacionamento anterior. Ela trabalhava em um mercado no Bairro Camobi.

O CASO
Por volta das 23h de sábado, a irmã da vítima abordou uma viatura da BM que fazia patrulhamento próximo do local. Ela informou que a irmã estava desaparecida. A viatura se deslocou à residência do casal, na Rua Ângelo Luiz Monfardini. No local, policiais arrombaram uma porta e vasculharam a casa. Eles encontraram Alciomar morto em um cômodo, e Denise Monfardini em outro. Ela tinha marcas de esganadura.

 

 

 

Fonte: Diario MS 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *